ICBAS - Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar
Categorias
Formação

One Health Master

One Health é um conceito integrador e multidisciplinar que procura promover o equilíbrio sustentável da saúde humana, animal, das plantas e do ambiente. 

É uma área temática em rápida evolução, bem necessária à preparação de profissionais, hoje em escasso número, capacitados para enfrentar os desafios de saúde atuais e altamente complexos (pandemias, insegurança alimentar, alterações climáticas, entre outros).

O curso One Health Master é ministrado conjuntamente pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar e pela Faculdade de Economia, ambos da Universidade do Porto. Aborda uma vasta gama de tópicos sob o paradigma One Health fornecendo, em simultâneo, bases sobre os princípios de ética e de economia nos diferentes sistemas de saúde.

Os estudantes desenvolvem competências relacionadas com a metodologia, as interações transdisciplinares e a utilização de uma abordagem sistémica, tendo sempre em conta a inter-relação da saúde humana, animal, plantas e do ambiente.

O One Health Master irá formar profissionais com novas perspetivas de atuação em diversas áreas como: meio académico e investigação, agências governamentais, organizações não governamentais, e setor privado em qualquer parte do Mundo.

Mais informações, prazos e condições de acesso aqui.

Categorias
Noticias

Docentes e Investigadores do ICBAS no programa Biosfera

O programa Biosfera (RTP) esteve no ICBAS e quis saber como podemos promover a saúde da família com animais de companhia em casa, evitar a transmmissão de doenças e garantir o bem-estar dos nossos animais.
Paulo Martins da Costa, Liliana Martins, Inês Rodrigues, Maria Leonor Lemos e Jorge Ribeiro, em destaque, numa edição dedicada aos companheiros de 4 patas. 

Veja o programa completo aqui.

Fonte: RTP; Imagem: Unsplash.

Categorias
Noticias

ICBAS e FEP lançam One Health Master

Resulta da combinação de saberes do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) e da Faculdade de Economia (FEP) da Universidade do Porto e pretende ser parte da resposta para um futuro sustentável do planeta, através de um programa curricular que cruza as ciências da vida e as ciências sociais. Assim se apresenta o “One Health Master“, o novo mestrado que passará a integrar a oferta formativa da Universidade do Porto a partir do ano letivo 2024/2025.

Desenhado com o objetivo de preparar recursos humanos capazes de abordar de forma multidisciplinar e transdisciplinar os problemas da saúde do ambiente, humana e animal do mundo contemporâneo, este novo curso pretende fornecer ferramentas para uma compreensão mais abrangente destes problemas, como via para soluções duradoras.

Leia a notícia completa aqui.

Fonte: Notícias UP; Imagem: ICBAS.

Categorias
Eventos

One Health PhD Forum

The One Health PhD Forum will be held at ICBAS on 13 June 2024. It is a 1-day scientific meeting in which any PhD student enrolled in an ICBAS-UP Doctoral Programme is invited to participate.

The main objective of the meeting is to promote the exchange of scientific knowledge from a One Health perspective, among all the participants. The program includes 2 keynote lectures related to relevant topics of broad interest to everyone.

PhD students can submit his/her work in the area of One Health*, to be presented in oral presentation or virtual poster format. The best presentation and the best poster will be awarded with a travel grant.

Registration is free (but mandatory) and includes lunch and coffee breaks. A certificate of attendance will be given to each participant. If you are interested in sharing your work with the whole ICBAS PhD student community, please, register and submit your abstract (if any) here by 15 April 2024.

* Some examples of One Health matters are: Human and/or animal diseases influenced by environmental factors; Comparative medicine in translational and biomedical research; Molecules of natural origin and their use for prevention or treatment of a certain disease; Food production and Nutrition; Role of microorganisms in the promotion of health; Microbial resistance; Conservation and sustainable exploitation of terrestrial and aquatic ecosystems; Chemical agents and other stressors on the environment and health; Prevention of disease in an integrative way.

Categorias
Eventos

Conversas One Health

Para enfrentar o desafio de discutir One Health em menos de 60 minutos, continuamos o 1º ciclo de conversas mensais do ICBAS no próximo dia 22 de fevereiro.

Na quinta sessão, Paula Ferreira, Professora associada no ICBAS, convida Margarida Correia Neves, Professora catedrática de Imunologia e Microbiologia na Escola de Medicina da Universidade do Minho, e investigadora do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e da Saúde (ICVS), para discutirem o tema ‘Em Govuro (Moçambique) as pessoas interagem com animais com tuberculose. Como estudar o impacto na sua saúde?‘ no âmbito do Ciclo de Conversas One Health.

O evento decorrerá das 13h-13.50h na Biblioteca ICBAS/FFUP (local diferente ao habitual)

Categorias
OH Saiba Mais

O impacto das hormonas no desenvolvimento do cancro

Por Joana Simões, Centro Hospitalar Universitário de Santo António

PORTO – A primeira descrição da relação entre hormonas e cancro remonta ao século XIX. Em 1896, o britânico George Beatson constatava que a ooforectomia resultava na regressão de tumores mamários em doentes com cancro da mama avançado. Esta descoberta pioneira lançou as bases não só para a compreensão do papel crucial das hormonas na oncogénese, como também para o desenvolvimento de tratamentos oncológicos. Também Charles Huggins, em 1940, demonstrava o papel da orquidectomia no cancro da próstata metastático.

Desde então, a investigação desenvolvida mostrou a importância das hormonas na oncogénese e patofisiologia de vários cancros, nomeadamente de cancro da mama e próstata. A exposição prolongada a elevados níveis de estrogénios, seja através de tratamentos hormonais ou fatores fisiológicos (como a menarca precoce ou menopausa tardia), aumenta o risco de cancro da mama. Compreender e gerir desequilíbrios hormonais por meio de modificações no estilo de vida ou outras intervenções pode ser crucial para reduzir o risco de cancro.

Da mesma forma, a complexa interação entre a regulação hormonal e a proliferação celular está na vanguarda da investigação oncológica. Nos últimos anos, a compreensão das vias hormonais envolvidas na oncogénese levou ao desenvolvimento de terapias direcionadas, como inibidores de recetores hormonais ou inibidores de enzimas envolvidas na produção de hormonas, melhorando assim as opções de tratamento e o prognóstico de doentes oncológicos.

Imagem – Joana Simões na ‘Conversa One Health’ realizada, no ICBAS, no dia 18 de janeiro de 2024. Créditos: Sofia A. Costa Lima.

Categorias
Eventos

One Health PhD Forum

The One Health PhD Forum will be held at ICBAS on 13 June 2024. It is a 1-day scientific meeting in which any PhD student enrolled in an ICBAS-UP Doctoral Programme is invited to participate.

The main objective of the meeting is to promote the exchange of scientific knowledge from a One Health perspective, among all the participants. The program includes 2 keynote lectures related to relevant topics of broad interest to everyone.

PhD students can submit his/her work in the area of One Health*, to be presented in oral presentation or virtual poster format. The best presentation and the best poster will be awarded with a travel grant.

**Registration and Abstract submission are now closed**

Any member of the ICBAS community can attend this event. Registration is not required.

Categorias
OH Saiba Mais

A visão One Health na doença diarreica em África

Por João Mesquita, ICBAS e Ana Machado, ICBAS

PORTO – A morte por diarreia na infância é em grande parte evitável. No entanto, o impacto da diarreia continua elevado e não totalmente caracterizado devido à complexa interação entre o ambiente, os alimentos, a água e o saneamento, relevando as múltiplas visões do One Health, particularmente em África. Uma proporção significativa de casos pode ser prevenida por meio da vacinação, água potável, saneamento e higiene. Apesar disso, dados dos últimos anos reportam que a diarreia é responsável pela morte de cerca de 90% das crianças com menos de cinco anos na África subsaariana. Devido à mortalidade significativa e impactos negativos a longo-prazo no crescimento e desenvolvimento associados à diarreia crónica, a redução da carga global da diarreia continua a ser uma prioridade que exige intervenções multissectoriais.

Imagem – João Mesquita e Ana Machado na ‘Conversa One Health’ realizada, no ICBAS, no dia 13 de dezembro de 2023. Créditos: Begoña Pérez-Cabezas.

Categorias
Noticias

“Maré de plástico” em praias do Norte de Espanha pode afetar Portugal

O investigador Bordalo e Sá considerou hoje que as autoridades devem vigiar a costa e “implementar um plano de contingência desenhado à medida” da “maré de plástico” das praias do Norte de Espanha que pode afetar Portugal.

“Neste momento as correntes dominantes são para norte. É provável que estas partículas cheguem a Portugal lá para a primavera, quando mudar a direção das correntes, e se não tiver dado à costa todo o conteúdo [dos contentores que transportavam o plástico] que caiu ao mar, embora com um impacto menor. O primeiro passo será acionar a vigilância das praias, usando também a sociedade civil, e o segundo passo será implementar um plano de contingência desenhado à medida e supervisionado”, explicou o hidrobiólogo da Universidade do Porto, em declarações à Lusa.

Leia a notícia completa aqui.

Fonte: Green Savers Sapo, Lusa; Imagem: Camille Minouflet via Unsplash.

Categorias
OH Saiba Mais

Água, conflitos e refugiados

Por Adriano A. Bordalo e Sá, ICBAS e Joana Savva Bordalo e Sá, IPO-Porto

PORTO – De todos os direitos do Homem, o acesso à água é dos mais recentes. Foi instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas, em 2010. No entanto, milhares de milhões de pessoas consomem água não potável, que causa doenças e mata. Infelizmente, mais de meio milhão de crianças morrem de diarreias anualmente devido ao consumo de água imprópria.

Nas situações de conflito e de guerra, a vida agrava-se. A recente invasão da faixa de Gaza é mais um doloroso exemplo a par dos conflitos no leste da Europa, Iémen, Birmânia, Sudão, Somália, Etiópia, R. D. Congo, entre outros. Sem água não há rehidratação, nem higiene, nem saúde. Na Palestina desnutrida as doenças infeciosas alastram e no Iémen a epidemia de cólera – uma doença hídrica – continua descontrolada desde 2016, tendo atingido perto de 3 milhões de pessoas, sobretudo crianças.

Em meados do ano passado havia, em todo o mundo, 110 milhões de deslocados, dos quais um terço eram refugiados, algo nunca visto. Se na Quinta do Lago ou na Califórnia cada indivíduo gasta 1000 litros de água por dia (120 em Portugal), os refugiados, quando muito, dispõem de 5 litros (meio balde), com frequência inquinada, miserabilizando ainda mais a sua vida, comprometendo as gerações futuras.

Imagem – Adriano A. Bordalo e Sá na ‘Conversa One Health’ realizada, no ICBAS, no dia 23 de novembro de 2023. Créditos: Sofia A. Costa Lima.

Este site utiliza cookies para proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao continuar a navegar neste site está a consentir a sua utilização. Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura nas definições do seu navegador. Ver mais